26 de fevereiro de 2011

Ladrilhos - alguns fragmentos...

Identidade – já tive várias

Amores – ainda posso escolher

Dividas – pagarei em longo prazo

Substâncias – o teu eu na seringa

Algozes – tua renuncia, tua carta de liberdade

Alimento- tuas fotos, o teu álbum guardado em mim

Já possuo – O tempo, cada grão, a tua mão

Liberdade – Nos teus braços, no teu viver

Mascaras – já rasguei todas elas

Esperança – a espera não pode matá-la

Já tenho tudo – meus livros, meus CDs, minha melodia

Lápis – Na ponta da língua

Destino – Os céus guiam os meus passos

Não vejo – tua altivez, teu domínio, tua rouquidão

Almejo- O teu querer, a valsa, eu e você

Sair – sem rumo, com trouxa nas costa, o nada

Chegar- no espaço de tempo, onde me perdi de ti

Paixão- água na boca gosto de quero mais

Saudades- um dia acabo com ela

Superficial – à distância, o medo

Sonho – em te ter, em tocar a tua face

Continuo – sonhado, de pé no chão pra não cair

Zelo- as cartas, os e-mails, nossa vida a dois