19 de janeiro de 2011

"Mesmo sem argumentos procuro as palavras certas e faço minhas orações ao Papai do céu. Todas as noite antes de dormir, fecho os meu olhos e penso em você e pesso para que Ele te abençoe. Sou criança e não aprendi o valor de amar ainda, por isso sofro calado, querendo te ter... querendo te ver."