14 de abril de 2011

Abraço...

O ser distante, porém real diz:   O que faz?



O menino esquecido responde: Esperando um Abraço...


O ser distante, porém real diz: E quando ele vai ai te dar?


O menino esquecido reponde: Quando o outro abraço sentir realmente necessidade...


O ser distante, porém real diz: “Tendi”


O menino esquecido reponde: Então vem me abraçar...






"O silêncio reina, as duas personagens esperam respostas, esperam o suprimento real de suas carências."