2 de setembro de 2010

Tempo...




"Saia do cárcere da preocupação deixe que o tempo continue seu trabalho, nós aprenderemos então, que tudo passa e o que permanece é o hoje!"

 

 

As folhas caídas ao chão são as testemunhas do tempo, do fenômeno que passa rapidamente, levando consigo o seu ciclo, e desprendem-se das grandes árvores da preocupação, mostrando que o simples é um detalhe fundamental na vivência dos estantes da Vida. O tempo é sem dúvidas o "Sr do Limite", ele governa desde que os mortais desobedeceram às ordens divinas já estabelecidas,lá no jardim. O tempo foi criado pelo o Artesão dos Céus, O Eterno, para impor limites os homens e ensiná-los que o tempo determinará, quem permanece e quem parte, quem vive e quem morre. Quem planta e quem colhe. Quem perde e quem triunfa. O tempo é ancião de Dias, e com ele aprendemos o exercício da espera.

Não existe nenhum meio de escapar do Tempo, ele é soberano, somos obrigados a conviver com ele á nossa sombra, do nosso lado, nos empurrando, dizendo:

- Que o tempo está próximo, que o atraso vai nos pegar, que não dá tempo de tomar um café, que os filhos estão chorando, que a empregada não limpou a casa corretamente, que o patrão não vai com a nossa cara, que o seguro do carro está pra vencer, que a água do planeta vai ficar escassa, que em 2012 o mundo poderá acabar, que a velhice chegará e com ela nos levará a vitalidade... Que os terremotos sacudirão nossa vida sentimental, que as doenças vão nos surpreender, que as geleiras polares derreteram e morreremos com muito calor, que a fé é pequena demais para se crer, que talvez Deus não ouça nossas preces...

Calma, o tempo não é o vilão da questão. O vilão somos nós mesmos, o que me surpreende é o fato de estarmos focados em nossos problemas, nas nossas preocupações. Sendo assim, é claro que o coração não agüenta tanta pressão, né! Quem aprende a administrar seu precioso tempo, descobre que a felicidade mora ao lado, na casa de grama verdíssima, e que a preocupação, mora a dez quadras de sua residência, a mente.

 

Dica de hoje: Permita que as folhas caiem, deixe que o tempo continue seu trabalho, deixe a preocupação de lado, creia mais, faça uma prece, um pedido aos céus, eu tenho a plena certeza que o Eterno te surpreenderá!