8 de outubro de 2010

Tudo o que se ama é doloroso.
                                              Tudo que se acredita pode tornar-se real.
                       Tudo que se planeja pode conter fragmentos do futuro.