26 de setembro de 2011

tempos...

É um tempo de alegrias incríveis, de sopros envolventes. 

São acontecimentos duradouros, coisas que antigamente não se via. 

Um ensinamento sagrado, um bem maior, coisa que o sentimento aprecia claramente em devoção, em banho quente.

É um tempo de leitura, pois ler as tuas estações é benefício específico. 

Contágio.

 O levantar das mãos é inevitável, leremos juntos, todos juntos essa nova canção que o céu escreve, sempre escreveu pra gente...

Melodiar... sem restrições, Melodiar pessoalmente a ti.


Obrigado, meu Papai do céu...
Muito Obrigado.