25 de agosto de 2011

Crianças de rua

Por: Carla Reichert



O episódio ocorreu em São Paulo. Um grupo de crianças que ninguém sabe de onde veio, aterroriza comerciantes, invadindo lojas.
Crianças drogadas, crianças pequenas e sem rumo. Invadiram um hotel e foram pegas logo depois. 
A notícias mais recente é que duas pediram para ir embora do abrigo onde foram deixadas e as outras fugiram!!!!Só restando duas delas no abrigo onde foram deixadas.

Me pergunto agora como é possível isso? Existe bom senso dos responsáveis pelo abrigo, do conselho tutelar, do Estado, da polícia, do juizado de menores? 

Mas que tipo de notícias é essa, que no dia seguinte, como foi noticiado e filmado duas dessas crianças já haviam voltado às ruas e ao mesmo comércio?

Como assim, duas crianças pediram para sair do abrigo e foram atendidas...eles abrem a porta e pronto?

Qualquer um de nós consegue entender que há descaso, que não há preocupação e que na cabeça destas pessoas não existe mesmo comprometimento em sua funções.

Falta de vontade de realmente oferecer ajuda para esse meninos.

Ou será que eles estão mesmo jogados a própria sorte que na verdade para as autoridades funciona na base do "que se dane".

Acredito que muitos governantes (essa política que só é política na hora de pedir votos) não estão preocupados nem mesmo em fiscalizar seus órgãos...

Isso é inadmissível. Falando francamente essas crianças só foram tiradas da rua quando fizeram tanto vandalismo que os comerciantes já não podiam mais com a situação. Não há um mínimo de vontade que seja, de encaminhá-las para uma instituição séria. Elas não precisam somente de um abrigo. 

O que deveria ser feito logo após a apreensão dessas crianças? 

Primeiro saber de onde vieram, quem são suas famílias, descobrir o que acontece dentro de suas casas...se é que elas tem uma e se é que são aceitas pelas famílias. 

Encaminhar para local seguro, longe das drogas, das ruas. Onde está a assistência-social, psicólogos, juizes, educadores...onde?

Não existe ninguém interessado em recuperar essa infância acometida pela miséria, fome, vício em tão tenra idade?

Depois a sociedade reclama que foi assaltada, que a rua está tomada pela bandidagem, pela falta de oportunidade. 

Esse caso é um exemplo muito claro do que acontece aqui no Brasil com meninos de rua. 

E o descaso começa em suas famílias...depois é do Governo. É inaceitável.

o link da notícia