16 de dezembro de 2010

Detalhes


Extasiado ao som de tua voz...
Em cada grão de areia o teu nome,
E nas estrelas a tua face, risonha e feliz.

E na brisa o teu cheiro, aromático, me deixando extasiado
Calado a observar cada gesto seu, cada traço teu, eu me calo.
Num lugar particular nosso, só eu e você - o mundo não existe, nem o que nele há.

Apenas você existente em mim, sobre mim, aquecendo-me, amando-me.