10 de fevereiro de 2012

na ponta da linha

....Sigo as linhas do ocaso.
De vez enquanto eu chego à outra ponta.
Só não sei muito que dizer, repousa minhas pálpebras.
Linhas impetuosas, falantes ao exagerado, não prometo conduta plena,
Apenas o que minha alma almeja.